Sonia Braga Online
Site dedicado a atriz brasileira Sonia Braga

Capa do programa da peça No País dos Prequetés A peça fala sobre as aventuras de Nita (Sonia Braga), menina viva, inteligente, imaginativa, que não gosta muito de sair perdendo nas brincadeiras frequentes da turminha do bairro. Desiludida diante da falta de criatividade, da obediência às regras pelos seus colegas e da pouca receptividade as suas ideias inovadoras. Por isso, resolve sair pelo mundo, passar por diversos lugares para ver como as pessoas vivem e confirmar se é sempre assim. Essa viagem é o pretexto para surgirem os jogos, o folclore, as tradições, sobre tudo uma valorização da cultura popular brasileira.
Nita acaba parando no país dos Prequetés (os fantoches da peça), onde qualquer desejo transforma-se em realidade na hora em que é imaginado. Mas com seus pensamentos tornando-se reais, ela passa a agir individualmente, pois antes de qualquer discussão a coisa já foi feita. Mas depois de um sonho que, com tudo em Prequetés, acaba se tornando realidade, e onde ela se imagina trabalhando junto com seus colegas. Ela gosta, porém, da experiência, que integra todas as pessoas do grupo. Todas estão mais maduras, o que as permite fazer um trabalho em mutirão.
Título:
Texto:
Direção:
Cenário:
Figurino:
Coreografia:
Bonecos:
Musica:
Direção musical:
Programação visual:
Produção Executiva:
Coprodução:
Divulgação:
Iluminador:
Contra regra:
Sonoplastia:
Músicos:
.
.
.
Elenco:
No Páis dos Prequetés
Ana Maria Machado
José Roberto Mendes
Sérgio Silveira
Sérgio Silveira
Raquel Levi
Zé Andrade
Cláudio Guimarães
Cláudio Guimarães
Flávia Savary
Rodrigo Farias Lima e Elvira Rocha
Sonia Braga
Lena Brasil e Nei Melo
Flavio Rangel
João de Oliveira
José Adler
Henrique Drach (violoncelo), Paulo Guimarães (flauta), Paulo de Castro (viola), Sonia Nogueira (primeiro violino), Kátia Virginia Pinheiro (segundo violino), Carlos Alberto Marques (clarineta), Claudio Ferreira (violão) e Wanderlei Pereira (percussão).
Sonia Braga, Lígia Diniz, Alby ramos, Cacá Silveira, Alice Viveiros de Castro, José Prata, Sérgio Fonta e Fernando Wllington

Curiosidades

A peça foi montada no teatro João Caetano no Rio de Janeiro.

Estreia de Ana Maria Machado no teatro, depois de uma marcante carreira como crítica teatral nos jornais O Globo e Jornal do Brasil e autora de 15 livros infantis.

Estreia da peça foi em 8 de setembro de 1979 e tiveram um público de aproximadamente duas mil pessoas. Mesmo sendo uma peça infantil o público incluía adultos e universitários, desacompanhados de crianças.

A peça era encenada sábados às 17h e domingos às 16h.

A temporada da peça teve duração de um mês apenas e foi até dia 30 de setembro de 1979.

A peça virou livro com o titulo de “Bento que Bento que é Frade”, que teve recomendação especial da fundação do livro.

A produção custou Cr$250 mil.

Na época do lançamento, Sonia falou sobre a peça: “Acho o trabalho para crianças meio mágico, porque o público e ator são uma coisa só. Sinto-me como se estivesse no eterno aprendizado. O Público está no 1º ano, enquanto que eu no maternal. É um tipo de trabalho que exige muito do ator. O público infantil é o único que se manifesta imediatamente quando não ouve e grita, conduz, dá opinião, participa”.

As máscaras e adereços, que tinha importante função visual, foram feitas por Zé Andrade (consagrado por suas caricaturas políticas para o programa “Planeta dos Homens”), que pela primeira vez utilizou o pano, espuma, palha e outros materiais além do barro com que trabalhava anteriormente.

2006-2015 Sonia Braga Online | Acervo organizado e mantido por João Rocha | Web Designer: João Rocha
Este é um fansite sem fins lucrativos e não é afiliado a Sra. Braga ou sua gestão de forma alguma. A razão deste site é para representar o trabalho de Sonia Braga com atualização sobre sua carreira para os fãs de todo o mundo. A maioria das imagens deste site foram encontradas na internet ou digitalizada por mim ou pelos contribuintes. Se algum dos detentores dos direitos autorais deste material não aprova o seu trabalho que está sendo mostrado nestas páginas, por favor, avise-me e serão removidos do site. Para saber mais sobre a história do Sonia Braga Online, visite sobre o site.