Sonia Braga Online
Site dedicado a atriz brasileira Sonia Braga

Capa do programa de Hair O musical conta a história de uma comunidade hippie e sua maneira de encarar o mundo. É uma solução jovem para os problemas atuais: a guerra do Vietnã, as drogas, o amor, sexo, o recrutamento militar obrigatório. Certa ou errada, mas, sobretudo com vontade de construir um mundo novo, sem destruir o antigo e sem se acomodar no atual.
Título:
Ano:
Direção:
Autores:
Produtores:
Música original:
Música:
Regência:
Coreografia:
Cenografia:
Tradução:
Elenco: 
Hair
1969
Ademar Guerra
Gerome Ragni e James Rado
Altair Lima e Maria Celia Camargo
Galt Macdermot
Paulo Herculano
Antonio Tadeu
Marika Gidali
Ubirajara Gilioli
Gianfrancesco Guarnieri
Maria Celia Camargo, Aracy Balabarian, Celia Olga, Sonia Braga, Helena Ignes, Bibi Voguel, Rosa Maria Marilene Silva, Maria Alice, Aricle Perez, Maria Helena Pinto, Neusa Maria Borges, Gilda Banderbrande, Altair Lima, Armando Bogus, Laerte Morrone, Luis Fernando de Rezende, Roberto Azevedo, Medeiros Lima, Acacio Gonçalves, José Luís França, José Luís Penna, Humberto Scheik, Fernando Reski, Oscar Thiede Neto, Dene Silva, Maria Regina e Jorge Coutinho.

Curiosidades

Ensaios tiveram inicio no dia 15 de junho de 1969 no Teatro Gazeta em São Paulo.

O coquetel de apresentação do elenco a imprensa foi no salão de festas do Hotel Samambaia às 17h. Os atores Altair Lima, Maria Célia Camargo, Aracy Balabanian e Bibi Voguel não estavam presentes na entrevista coletiva.

Cerca de 260 pessoas fizeram testes para ingressar no elenco de Hair. Com exceção de alguns artistas como: Maria Célia Camargo, Aracy Balabanian, Altair Lima e Armando Bogus. Nos testes eram avaliados os talentos em atuação, dança e canto dos candidatos.

Ademar Guerra, em entrevista, classificou o musical como “uma ópera popular apoiada no gênero “iê-iê-iê”.

Os direitos de montagem foram adquiridos por três mil dólares.

A montagem custou ncr$ 150 milhões.

A história de “hair” tem início na Broadway, quando dois atores Hippies, Gerome Ragni e James Rado, decidiram formar uma pequena companhia, que pertencesse a ambos. “Hair” foi o primeiro tema escolhido, um show que conta estórias do mundo em que viviam a comunidade hippie. O Musical fez tanto sucesso, que um produtor pediu que transformassem numa peça teatral, em toda sua estrutura.

O Musical recebeu diversas montagens pelo mundo: Londres, Paris, Bulgária, Tóquio e claro o Brasil.

A celebre cena de nudez coletiva é rápida e sutil. No final do primeiro ato, alguns atores vão tirando a roupa, mas enquanto isso a luz baixa gradativamente e transforma-se numa penumbra colorida, hora que em que a cortina fecha.

Foram preparados três programas diferentes, de luxo, conforme exigência dos que detinham os direitos da peça nos EUA.

Só em São Paulo as apresentações duraram 8 meses e tiveram mais de 170 mil espectadores.

2006-2015 Sonia Braga Online | Acervo organizado e mantido por João Rocha | Web Designer: João Rocha
Este é um fansite sem fins lucrativos e não é afiliado a Sra. Braga ou sua gestão de forma alguma. A razão deste site é para representar o trabalho de Sonia Braga com atualização sobre sua carreira para os fãs de todo o mundo. A maioria das imagens deste site foram encontradas na internet ou digitalizada por mim ou pelos contribuintes. Se algum dos detentores dos direitos autorais deste material não aprova o seu trabalho que está sendo mostrado nestas páginas, por favor, avise-me e serão removidos do site. Para saber mais sobre a história do Sonia Braga Online, visite sobre o site.