Sonia Braga Online
Site dedicado a atriz brasileira Sonia Braga

donaflorcartaz Durante o carnaval de 1943 na Bahia, Vadinho, um mulherengo e viciado em jogo, morre repentinamente e sua mulher, Flor, fica inconsolável. Mas após algum tempo ela se casa com Teodoro Madureira, um farmacêutico que é exatamente o oposto do primeiro marido. Ela passa a ter uma vida estável e tranqüila, mas tediosa e, de tanto “chamar” pelo primeiro marido, ele passa a aparecer sob a forma de um fantasma.
Título Original:
Gênero:
Duração:
Ano (Brasil):
Estúdio:
Distribuição:
Direção:
Roteiro:
Produção:
Música:
Direção de Fotografia:
Desenho de Produção:
Direção de Arte:
Figurino:
Edição:
Elenco:
Dona Flor e Seus Dois Maridos
Comédia
120 min
1976
Carnaval Unifilm / Cia Serrador / Coline
Embrafilme / New Yorker Films
Bruno Barreto
Bruno Barreto, Eduardo Coutinho e Leopoldo Serran
Luiz Carlos Barreto, Newton Rique e Serrador
Chico Buarque e Francis Hime
Murilo Salles
Anísio Medeiros
Anísio Medeiros
Anísio Medeiros
Raimundo Higino Elenco
Sonia Braga (Dona Flor), José Wilker (Vadinho), Mauro Mendonça (Teodoro Madureira), Deborah Brillanti (Rozilda), Nélson Xavier (Mirandão), Rui Resende (Cazuza), Mário Gusmão (Arigof), Nelson Dantas (Clodoaldo), Haydil Linhares (Norminha), Nilda Spencer (Dinorah), Betty Lago (Zizi), Betty Faria (Leniza Mayer), Cláudio Mamberti, Arthur Costa Filho, Mara Rubia(Claudete), Marta Anderson.

Curiosidades

Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro, na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

Ganhou 2 Kikitos no Festival de Gramado, de Melhor Diretor e Melhor Trilha Sonora.

Dona Flor e Seus Dois Maridos é o recordista de público no cinema brasileiro, tendo sido visto por mais de 12 milhões de espectadores nos cinemas.

O filme custou 5,5 milhões de cruzeiros, o que correspondia a quase dez vezes o orçamento médio da época (Cr$ 600 mil).

Foi refilmado nos Estados Unidos como Meu Adorável Fantasma (1982).

Em comemoração aos 25 anos do lançamento de Dona Flor e seus Dois Maridos nos cinemas, o filme foi totalmente remasterizado, com som Dolby digital e acréscimo de mais dez minutos de cenas, entre elas, algumas bem picantes, censuradas na época da ditadura.

2006-2015 Sonia Braga Online | Acervo organizado e mantido por João Rocha | Web Designer: João Rocha
Este é um fansite sem fins lucrativos e não é afiliado a Sra. Braga ou sua gestão de forma alguma. A razão deste site é para representar o trabalho de Sonia Braga com atualização sobre sua carreira para os fãs de todo o mundo. A maioria das imagens deste site foram encontradas na internet ou digitalizada por mim ou pelos contribuintes. Se algum dos detentores dos direitos autorais deste material não aprova o seu trabalho que está sendo mostrado nestas páginas, por favor, avise-me e serão removidos do site. Para saber mais sobre a história do Sonia Braga Online, visite sobre o site.