Sonia Braga Online
Site dedicado a atriz brasileira Sonia Braga

Esp-LoucosVarridos001

Não é de hoje que a atriz Sonia Braga adere a campanhas sociais ou em prol de vítimas de acidentes naturais, como aconteceu na cidade de Niterói (abril de 2010) e recentemente na Região Serrana do Rio de Janeiro (janeiro de 2011), onde Sonia serviu de voluntária e disponibilizou seu site pessoal para ajudar as vítimas das chuvas.

Em março de 1995, Sonia veio ao Brasil para gravar um comercial de Sabão em Pó e ficou chocada com o estado que estava a Praça Salgado Filho, localizada em frente ao Aeroporto Santos Dumont. A praça, um trabalho do paisagista Burle Marx, estava muito suja. Então munida de luvas, vassoura e sacos plásticos, Sonia começou a varrer a praça e a catar o lixo do mau habito de alguns cariocas. Pronto! A atitude da atriz bastou para chamar a atenção da imprensa, políticos e da comunidade artística.

Fundada em 1952, a praça Salgado Filho foi um dos primeiros projetos de Burle Marx. Em seu território existem mais de 40 espécies da flora brasileira. Preocupada com o estado de abandono em que se encontrava a Praça Salgado Filho, a atriz iniciou uma campanha de recuperação das áreas públicas de lazer do Rio, varrendo e catando o lixo espalhado pela área. Sonia, que estava há dez dias no país ficou alarmada com o descaso dos órgãos públicos em relação aos parques. E resolveu, junto com o grupo de 15 pessoas fazer algo para mudar a situação.

“Eu estou aqui catando lixo porque esta sujeira e este abandono me incomodam. Com isso, quero sensibilizar todos os que também se incomodam com a situação. A praça Salgado filho não pode ficar como está. Ela é um cartão de visitas do Rio: assim que sai do aeroporto, o visitante dá de cara com ela” – disse a atriz.

Sonia faz parte da sociedade dos amigos de Roberto Burle Marx, uma instituição criada no final do ano de 1994 para preservar a memória e a obra do paisagista. Com a praça Salgado filho é um dos projetos  mais significativos de Burle Marx, a sociedade resolveu começar sua campanha por ela.

Ao projetar a praça, Burle Marx quis fazer dela um pequeno mostruário da flora brasileira. Inaugurada em 1954, aos poucos ela foi ficando abandonada. Mato e plantas comuns se misturaram aos Paus Brasis, Figueiras e Abricós-de-Macaco. A grama deixou de ser cuidada, os lagos onde boiavam vitórias-régias secaram. Surgiram as pragas, o lixo e os moradores de rua.

“Eu sempre adorei a aquela praça. Meu cunhado, um dos ‘Loucos Varridos’, é paisagista. Com ele eu aprendi tudo o que sei sobre plantas. Eu sempre fui apaixonada por agricultura, paisagismo. O meu cunhado me chamou para ir a pracinha mostrar uma palmeira que só floresce de 75 em 75 anos. Quando eu vi aquilo, falei ‘Carlinhos, este lugar está mal. A gente tem que fazer alguma coisa’. Eu gosto de ir lá e fazer. Não sou de ficar pedindo, então, resolvemos juntar um grupo e botar a mão na massa”. Revelou Sonia.

Bem ao estilo da personagem Gabriela, de Jorge Amado, a atriz chegou a subir cerca de cinco metros numa Figueira-do-Araxá para arrancar uma lata de cerveja que estava amarrada a um galho. Depois de cumprida a tarefa, mostrou, radiante, a lata recolhida aos membros da sociedade e a amigos que estavam participando da coleta de lixo, entre eles a atriz Renata Sorrah.

O reconhecimento do Prefeito do Rio

O prefeito César Maia achou “uma crítica maravilhosa” a manifestação de protesto contra má conservação da Praça Salgado Filho. Segundo a assessoria do prefeito, a atitude da atriz caiu como uma luva sobre o esforço do governo municipal de combater o desleixo com que o carioca trata a sua cidade.

A atriz Sonia Braga, em visita ao gabinete do Centro Administrativo São Sebastião na manhã do dia 10 de março de 1995, apresentou ao prefeito César Maia a idéia de criação da Associação dos Loucos Varridos, uma confraria de voluntários para ajudar na limpeza e manutenção das ruas, parques e praças do Rio. “Isto é comigo mesmo”, reagiu o prefeito, aceitando de imediato a sugestão.

“Este é exatamente o espírito de atuação que a prefeitura quer incentivar na população: ajudar na conservação da cidade” – explicou César Maia, que elogiou a atitude da atriz ao limpar a Praça Salgado Filho.

Sonia Braga apresentou ao prefeito o esboço de uma campanha publicitária. Foi elaborado um slogan para motivar o carioca a manter a cidade limpa. A peça foi criada pelo diretor de criação da agência MPM/Lintas, Fábio Siqueira, que também participou do encontro é “Rio limpo, Rio lindo”. César Maia autorizou a colocação de outdoors dando início à campanha.

A logomarca “Sou Louco Varrido” que foi o ponto de partida da associação dos Loucos Varridos. O prefeito se entusiasmou pela idéia e prometeu apoio para levar adiante a entidade.

Sonia ganhou do prefeito o diploma “Esta é Carioca” e um Cd de Carlos Lyra (Carioca de Algema). César Maia também prometeu contribuir com dinheiro para a campanha e o primeiro passo foi dado: uma das peças publicitárias seria um outdoor pago pela prefeitura. E deu a idéia de fazer uma grande faxina no Cristo Redentor.

Segundo Sonia Braga, a idéia dos Loucos Varridos surgiu na véspera do almoço com o prefeito. Em apenas 24 horas, o publicitário Fábio Siqueira produziu a campanha, que terá, além dos outdoors, anúncios em revistas, jornais e TVs.

Logo depois do encontro com o prefeito, Sonia Braga gravou um comercial de 30 segundos no Aterro do Flamengo, tendo ao fundo o pão de açúcar. O anuncio foi apenas mais uma ferramenta na luta contra a sujeira da cidade. “Se todos fizerem um pouquinho, o Rio tem jeito” disse Sonia que em apenas uma semana  na cidade conseguiu lançar uma campanha de conscientização que pretende atingir quem ama e vive no Rio.

“O Fábio é meu amigo há muitos anos a gente se encontrou e surgiu a idéia. Em São Paulo, ninguém sabe ainda. Tem uns amigos que me ligaram e perguntaram ‘você foi limpar a praça? Não disse que ia par ao Rio descansar?’ ontem à noite, ele me chamou e a gente fechou tudo”. Disse a atriz na época.

Relógios “Loucos Varridos”

Os relógios digitais da cidade entraram na onda dos “Loucos Varridos”. Em apoio ao movimento, a hora eletrônica pôs o slogan e o logotipo em dez de seus relógios digitais espalhados pela Zona Sul e Centro da cidade. A novidade foi introduzida no relógio localizado na Avenida Presidente Vargas, em frente ao centro administrativo São Sebastião.

Sonia varre rua em Nova York

Esp-LoucosVarridos002

Para dar continuidade à campanha Loucos Varridos, a idealizadora da campanha varreu no dia 19 de março de 1995, três quarteirões da Rua 46, no centro de Manhattan, principal reduto e a maior concentração de comércio e negócios brasileiros na cidade de Nova York. Sonia distribuiu camisetas com a inscrição “Rio Limpo, Rio lindo” e convocou os brasileiros a pegarem em vassouras naquele pedacinho de Brasil em Manhattan. Com ela, estavam os Crazy Street Sweepers (Loucos Varridos de Rua – a versão Ianque dos Loucos Varridos), brasileiros residentes ou de passagem por nova York. “Já que não posso estar no Rio, vim limpar este pedacinho do Brasil nos Estados Unidos – Disse Sonia.

Ao mesmo tempo, no Rio, os Loucos Varridos varreram a área em frente ao Museu de Ate Moderna (MAM). Além dos irmãos da atriz, Maria e Julio Braga, e de sua sobrinha Daniela, coordenadores da limpeza na ausência da irmã Sonia participaram do ato o casal de atores José Wilker e Monica Torres. Segundo sua sobrinha “a idéia da manifestação na rua dos brasileiros é para dar repercussão internacional à campanha”.

Vassoura para as crianças

Os louquinhos varridos, a versão miúda do movimento que botou marmanjos para limpar o Rio, também tem a sua musa. E o autor do logotipo, Ziraldo Alves Pinto, não precisou procurar muito. Ele fez o desenho de uma garotinha montada numa vassoura e decretou “é a Sonia Braga quando criança”. O original do logotipo está com Maria Braga, irmã de Sonia, para uma campanha visando a ganhar s baixinhos para a limpeza da cidade. Ziraldo simpatizou de cara com o movimento. “Estou engajado nisso, e ajudo como posso” – disse.

Mandamentos dos Loucos Varridos

1 – para ser louco varrido, antes de tudo, é preciso ser consciente e são;

2 – não ser uma pessoa do tipo “faça o que mando e não faça o que eu faço”. Pelo contrário, por que mandar não é tão importante quanto fazer;

3 – é preciso ser uma pessoa que tenha princípios;

4 – não ser um louco varrido só por fogo de palha. É necessário deixar queimar no bom sentido. No coração;

5 – para ser um Louco Varrido tem que estar em paz consigo mesmo. Ir limpar as ruas liberta.

O objetivo dos Loucos Varridos

Conscientizar a população de que as praças públicas, ruas, parques não são lugares para o lixo é o desafio dos loucos varridos, e Maria Braga afirma que atingir a consciência popular não é fácil. “O povo é legal e se está num local limpo, o metrô por exemplo, fica inibido de atirar o lixo pelo chão”. Comentou.

Um ano de loucuras

Esp-LoucosVarridos003

Sonia Braga comemorou, em 10 de março de 1996, na Praça salgado Filho, o primeiro aniversário do movimento Loucos Varridos, idealizado pela atriz e iniciado no mesmo local. A atriz disse estar muito satisfeita com o trabalho feito pelos integrantes do movimento. “Considero os loucos varridos uma grande conquista”, afirmou. “já conseguimos melhorar a cara de muitos lugares, e ainda vamos fazer muito mais”.

O movimento cresceu, criou corpo e voz. Os Loucos Varridos limparam a praia de Ramos, o Jardim Botânico, o Jardim de Alah, a Quinta da Boa Vista, o Paço Imperial e o Aterro do Flamengo. Os integrantes dos “Xerifes da Areia” e do movimento “Viva Rio” ajudaram a engrossar o couro para um Rio mais Limpo ao lado de algumas personalidades: o ator José Wilker, o diretor Ary Caslov e as atrizes Christiane Torlone e Renata Sorrah.

Na comemoração, Sonia Braga reclamou da falta de interesse da prefeitura em colaborar com os loucos varridos: “Existe cidadania nas não há participação efetiva da prefeitura”. Segundo a atriz o governo justifica a falta de participação alegando que existem outras prioridades. “mas se quisermos que a criança brasileira tenha saúde e educação, temos que começar pela limpeza. Se iniciarmos agora, em 10 anos vamos ter uma geração consciente.” Analisou. Depois, ao lado da irmã Maria e da mãe Zezé, Sonia assoprou a velinha de um bolo feito de copos de plástico e latas de refrigerantes, totalmente reciclável.

E atualmente, como anda o Rio?

Esp-LoucosVarridos004

O Sonia Braga Online entrou em contato com a Comlurb, empresa vinculada à secretaria de Conservação e Serviços Públicos, no início de março de 2011. A empresa informou que na Avenida Rio Branco, no Centro do Rio, no horário de 00:00 às 22:00, são executadas 5 varrições, em horários variados. Diferentemente das 20 vezes que eram varridas há 16 anos. Hoje a Comlurb possui 120 mil lixeiras espalhadas pela cidade e são recolhidas 2.124 toneladas de lixo público por dia na cidade.

A Comlurb promoveu nas praias do Rio durante janeiro e fevereiro de 2011, em dias alternados entre sextas-feiras e fins de semana, o projeto “Onda Limpa 2 – Tô Dentro”. O objetivo é conscientizar os freqüentadores a manter as praias limpas e incentivar o uso de contêineres e papeleiras na hora do descarte de detritos como garrafas Pet, coco, embalagens e restos de comida.

As atividades do “Onda Limpa 2” contam com shows do gari passista Renato Sorriso e do Grupo Chegando de Surpresa, com a participação do personagem Super Gari, promovendo muito samba, atividades lúdicas e teatrais. As crianças podem brincar e se divertir com folhetos de histórias em quadrinhos sobre a limpeza das praias e os brindes distribuídos. O evento aconteceu pela última vez no Arpoador, no dia 27 de fevereiro de 2011, e contou com a presença e colaboração do ator Cauã Reymond. Após pausa para o carnaval, a campanha continua até o final do mês de março.

Lembramos ainda que a Lei de Limpeza Urbana prevê multa para quem descarta lixo de forma irregular. A multa vai de R$80 podendo chegar a R$500 dependendo da gravidade do delito. Para ler o texto completo da lei clique aqui.

Vídeos complementares

Vídeo da Campanha Loucos Varridos

Matéria sobre a campanha Loucos Varridos

2006-2015 Sonia Braga Online | Acervo organizado e mantido por João Rocha | Web Designer: João Rocha
Este é um fansite sem fins lucrativos e não é afiliado a Sra. Braga ou sua gestão de forma alguma. A razão deste site é para representar o trabalho de Sonia Braga com atualização sobre sua carreira para os fãs de todo o mundo. A maioria das imagens deste site foram encontradas na internet ou digitalizada por mim ou pelos contribuintes. Se algum dos detentores dos direitos autorais deste material não aprova o seu trabalho que está sendo mostrado nestas páginas, por favor, avise-me e serão removidos do site. Para saber mais sobre a história do Sonia Braga Online, visite sobre o site.